19 de jun de 2009

Não Tenhas um Coração de Gelo...


A ACEITAÇÃO




Normalmente quando nós falamos do ego, falamos do que o ego quer. O ego quer isto, o ego quer aquilo, e já sabem que o facto do ego querer algo tem tudo a ver com o fugir à dor, mas há uma coisa muito curiosa.



Imaginem uma pessoa que quer aceitação, que quer que os outros a aceitem. Naturalmente que esta pessoa tem uma memória de ter sido rejeitada noutra vida. Só que há um problema, quando ela quer muito a aceitação - independente temente dela se relacionar ou não com o facto de noutra vida ter sido rejeitada -, quer dizer que a aceitação que ela quer nesta vida é “aquela” aceitação, por “aquelas” pessoas dessa vida passada que a rejeitaram.



Isto é, seja quem for que a aceite nesta vida, ela recusa. Porquê? Porque como o trauma vem de uma determinada vida onde ela foi rejeitada, a aceitação que ela quer, inconscientemente, é das pessoas dessa vida, e não desta.



Resumindo, a pessoa quer aceitação mas nunca se sente aceite. Isto é muito curioso, porque ela até pode ter uma família fantástica que a aceita mas ela vai sempre sentir que não a aceitam; ela pode ter amigos que gostam imenso dela mas o mesmo acontece, não se sente aceite. E por isso é que é kármico, porque no fundo o que ela quer é a aceitação que ela não sentiu “daquelas” pessoas que a rejeitaram numa vida passada.



E qual é a solução? A solução é vivenciar esse sentimento de não ser aceite, se for esse o seu karma, e sobretudo perceber que quem tem de se aceitar é ela própria. É ela quem tem de se aceitar a si mesma. Porque cada dia que ela vivencia o não ser aceite, i.e., cada dia que ela vivencia que ninguém a vai aceitar, é ela quem tem que se aceitar.



Há pessoas que toda a vida procuraram aceitação mas mal alguém as aceita, passam para outra, e como esta aceitação não as preenche, vão à procura de outra, e outra, e ficam toda a vida nisto. Imaginem a alegria de uma pessoa que já não tem de ser aceite pelos outros porque já percebeu que é ela quem tem de se aceitar, que ela só quer aceite porque numa vida passada não a aceitaram… não acham que mais vale uma pessoa aprender a aceitar-se do que insistir em ser aceite?


Se Nós paramos a o Planeta não para...

Nenhum comentário: